Ocorreu um erro neste gadget

Clima de final de ano.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009
Ok, eu nunca fui a menina estilo merry merry cristmas. O natal é uma época completamente favorável para o comércio e também um motivo para reunirmos TODA família (até os primos chatos.

Of course, não deveria precisar de um motivo para o espírito familiar desabrochar.

Eu nunca gostei muito de natais, especialmente as comidas típicas da época (arroz à grega embrulha meu estômago... Mas este natal vai ser o pior de todos.

Porque é o primeiro natal desde que minha vó faleceu, e ninguém está assim tão animado. A parte boa é ter o namorado para servir de alegria no dia, a parte ruim é que não quero ter que precisar de um consolo. Não quero parecer fraca perto dele. Não quero expor minhas tristezas, não quero chorar na frente dele, não quero parecer uma menininha fraca.

Tudo bem, eu sou uma menininha fraca. Eu sempre escondo tudo que eu sinto numa caixinha, como se ninguém precisasse se preocupar com problemas que são apenas meus. Mas isso não me torna uma mulher forte, e sim uma menina terrivelmente fraca que a qualquer momento pode explodir.

Eu não quero mais contar natais que passo sem as pessoas que eu amo. Eu as quero aqui, comigo. Já é o sexto natal que passo sem meu padrasto e o primeiro que passo sem a minha vó. Só que antes ela tava aqui do meu lado quando eu sentia a falta dele, me protegendo, me fazendo rir, me fazendo esquecer pelo menos um minuto.

É meu clima de final de ano. O natal definitivamente não tem nada a ver comigo, a começar pelo papai noel. Aquela criatura não aterroriza vocês?

O discurso de bom velhinho para encantar as criancinhas para depois esquartejá-las e carregá-las naquele enorme saco (pra que vocês achavam que servia aquele saco se ele sempre aparece com carrinhos e bonecas de plástico para a gente?

(TIREM AS CRIANÇAS DA SALA.

1 comentários:

  1. Maldito disse...:

    rsrs,..tão complexo quanto o meu!
    Inté!

RÁ. Te peguei