Ocorreu um erro neste gadget

Amor de balada? Tomara que não...

sábado, 6 de dezembro de 2008
Ontem saimos (minha mãe, eu e a prima), fomos num pagode (alguns podem achar brega, mas tava tudo de bom)... nossa, eu dancei bastante (nem gosto de dançar né...). Como disse no post anterior, tava com um humor de dar inveja às pessoas mal humoradas. Pois bem, primeiro fomos a um aniversário, tava muito bom, musica ao vivo e tal... E desde lá tava de olho num cara, muito lindo. Daqueles de babar...

Só que estavam de olho nele eu e mais a torcida do flamengo! shoashoashoashoashoashoa... depois do aniversário fomos pra outro lugar, ele estava com um grupo de amigos, e eles também foram (para minha tremenda sorte).

Não sei como, e nem de onde tirei tanto charme ou tanta sorte, mas fiquei com ele, enquanto até minha mãe tava de olho nele!!!!!! Dançamos umas quatro vezes e então ele enlaçou minha cintura e... não nos desgrudamos mais a noite toda!

Bom, é amor de balada, que dificilmente dura, mas eu me encantei naquele homem

EU QUERO BIS!!!!!!!!!!!!!

Me encantei, de verdade... e foi o primeiro cara que me fez esquecer completamente aquela pessoa, pelo menos enquanto estávamos juntos. Foi um love total, fui levada na parada e tudo mais, com direito a palavras românticas tipo "hum... vc tá fazendo eu me apegar em você...".

Deus, por favor faça com que isso não seja apenas um amor de balada, por favor!!!!!!!!!!!!!!!

1 comentários:

  1. Tatah ... disse...:

    meu amor com o Rafa foi amor de balada. Na verdade, amor de barzinho. Eu tava locona ficando com outro e ... Bem, não fiquei com o Rafa, mas o amo ateh hj e agora pode ateh dar certo entre a gente. Sei lah, mas amor de balada as vezes é mais certo do que o "certo". Entende?
    To aki torcendo por ti.
    Te amoooo irmã que nao tive =D

RÁ. Te peguei