Ocorreu um erro neste gadget

Merenda escolar.

domingo, 3 de julho de 2011
As paredes do quarto de Manuela eram formadas por um amontoado de pôsters de cantoras estilo princess que faziam sucesso no momento, coisas à qual sua mãe, a Dona Edwiges, não fazia muito gosto. Dizia que as letras das suas músicas estavam repletas de conteúdo libidinoso que induzia as garotinhas a fazer sexo, beber bebidas alcólicas e fumar cigarros escondidas atrás do muro do colégio. Manuela sabia todas as letras de cor e é claro achava sua mãe uma sem noção do caramba. Há pouco mais de um ano haviam no lugar dos pôsters prateleiras com várias Barbies, bichinhos de pelúcia e bonecas estilo bebezão. É claro, aquelas coisas estavam jogadas em uma caixa no porão desde que Manuela conhecera as meninas mais cool da escola.


Os cadernos da Capricho e material escolar também viraram decoração, folheados de vez em quando, sendo que a base de estudo de Manuela tinha se tornado as revistas teen do momento. E foi assim que suas notas foram fazer companhia para as suas bonecas, no porão. Foi assim também que a discussão entre ela e a Dona Edwiges começou na tarde de sábado, quando Manuela fazia desfile com sua coleção de roupas na frente do espelho.


_ Manuela Pereira Nunes !!!! 


_ Que é, mãe !


_ Por acaso a senhorita enquanto ta bancando a modelo deu uma olhadinha no seu boletim ?


[Silêncio]


_ 5,5 em Biologia ? 5,5 Manuelaaaa ? Hoje tu vai ter um tempo para pensar em átomos, e ah ... seja lá o que esteja aprendendo em biologia. Não vai a essa festa. Ta de castigo !


_ Mas mãee !


_ Já disse, é não Manuela. Devia ter pensado nisso antes. Privilégios são para quem faz por merecer. E enquanto tu morar debaixo do meu teto e comer a minha comida tu vai me obedecer. Ta ouvindo, Manuela ? E nem pense em sair escondido, porque o teu irmão me conta !


Sai do quarto.


_ Que saco ! (Baixinho)


Manuela vai dormir sem jantar aquele dia, sob protesto pela falta de juventude de sua mãe. Na segunda-feira todos os adolescentes estão comentando sobre a big party do Pedro. Manuela mal pôde acreditar que poderia ser tão azarada quando chegou no corredor da sua sala e viu Alice e Paula juntas comentando sobre a como a roupa que Pedro usara na festa realçava os seus olhos verdes. Elas eram simplesmente as cobras mais arrogantes da escola.


_ Oii Manu ! A gente sentiu a tua falta na festa. O que ouve ? _ Disse Alice. Ela se achava a sex apeel de toda a escola, usava sempre jeans colado com a barriga de fora. 


_ Ah, Alice ! Foi uma pena, mas é que já me cansei destas nossas festinhas e ontem resolvi variar, eu sai com uns amigos do meu irmão do Ensino Médio. Eles são bem bacanas e maduros, sabe como é. Mas foi uma pena eu ter perdido a festa do Pedro, quem sabe na próxima eu encontro vocês lá !


Manuela deu um sorrisinho dos mais fake e foi se sentar na sua classe com satisfação. É claro, com muito cuidado para que quem estivesse sentado do seu lado não pudesse ver que algumas páginas do seu caderno estavam repletas de coraçãozinhos com o seu nome e o de Pedro dentro.

0 comentários:

RÁ. Te peguei