Ocorreu um erro neste gadget

Aprendizado.

quarta-feira, 11 de maio de 2011
Pois é, andei sumida de novo. Amei, suspirei, chorei, briguei, separei, superei e depois de tudo isso estou aqui de novo inacreditávelmente sem um arranhão e de volta em cima do salto.

I'd believe we were mean to be.

Não tem muita história para contar, apenas que amei demais e é obvio que me desesperei quando vi que minhas expectativas estavam terrívelmente incorretas. Mas curti muito e foi uma época ótima da minha vida, pena que deixei ele me dominar, e foi ai que tudo começou a dar errado.

We're still friends, amén.

Mas aprendi também a respeitar e a viver em harmonia com alguém, a conversar e pensar em outra pessoa além de si mesmo. Aprendi a amar alguém sem pensar nem sequer por um segundo em seus defeitos, amando-o e respeitando-o como um todo. Então por que não deu certo ?
Nunca há uma explicação certa, sempre é culpa dos dois. É preciso muita coisa para um casal passar por todos os tipos de barreiras sem ao menos o barco balançar. Muito amor e cumplicidade, muito carinho, respeito e muita, mas muita paciência.

Você me ajudou a passar por tudo aquilo que me afligia, me ajudou a enfrentar e compreender meus medos. Você me fez ver que às vezes pedir desculpa também é válido, mesmo que quase todas as vezes tenha sido você a pedir desculpas. E se dependesse apenas de mim não estaríamos mais juntos muito antes que isso, pois eu sou teimosa. Mas sempre era você que me procurava, mandava flores, pedia desculpas, dizia que me amava. E eu nunca vou esquecer as coisas que passamos juntos, e peço sinceramente desculpas por estar te fazendo sofrer tanto, mas eu preciso de um voo solo.

Again, sorry.

0 comentários:

RÁ. Te peguei